Avaliação Institucional

Instrumento de melhoria da educação superior


A Avaliação Institucional é uma das ferramentas que garantem à FSG compromisso com a qualidade das ações nos processos educacionais

Desde a implantação do Sistema de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes), do Inep-MEC (Lei 10.861, de 14 de abril de 2004), todas as instituições de ensino superior devem constituir suas próprias comissões de avaliação.
Uma Comissão Própria de Avaliação (CPA) tem o objetivo de coordenar, supervisionar e apoiar as diferentes etapas da autoavaliação institucional. Por essa razão, integrantes de diferentes segmentos da comunidade acadêmica e também membros externos, por exemplo, representantes da sociedade civil, são chamados a compor a CPA, que fará o planejamento, aplicação, divulgação e análise de todas as ações de um amplo e contínuo processo de aperfeiçoamento institucional.

Dessa forma, a CPA da FSG colabora para o acompanhamento dos resultados das ações de todas as áreas, para a mudança ou manutenção de práticas e posturas profissionais, primando pela excelência educacional.

As avaliações envolvem todos os aspectos do processo de ensino-aprendizagem, bem como atividades de extensão e pesquisa, o conjunto das condições físicas e administrativas, dos cursos nas modalidades presencial e a distância. Ainda são considerados os aspectos relacionados à gestão institucional, detalhados nas diferentes dimensões do Sinaes.

O que é Sinaes?
O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes é um sistema de avaliação global e integrado das atividades institucionais. Criado com a Lei nº 10.861, de 14/04/04, compõe-se dos seguintes instrumentos:
Avaliação das Instituições de Educação Superior – AVALIES;
Avaliação dos Cursos de Graduação – ACG;
Avaliação do Desempenho dos Estudantes – ENADE.

O que é CPA?
A Comissão Própria de Avaliação – CPA é composta por representantes de alunos, professores, profissionais técnico-administrativos da Instituição e membros da sociedade civil. Suas atribuições, conforme Art. 11 da Lei 10.861, são as de “condução dos processos de avaliação internos da instituição, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo INEP (…)”

Como se realizam?
A aplicação dos instrumentos avaliativos com base em parâmetros quantitativos (notas) e qualitativos (opiniões, informações, sugestões, diálogos ou colocações livres) ocorre seja por meio de comunicações diretas, gráficas ou on-line ou por reuniões de conselhos, colegiados de cursos, encontros e reuniões, entre outros recursos).

Contato da CPA
cpa.fsg@fsg.edu.br